Desenvolvimento React Native: aplicações mobile em JavaScript

Written by

Desenvolvimento React Native: aplicações mobile em JavaScript

capptan news| Views: 923

O desenvolvimento React Native é uma das aplicações mais utilizadas nos dias de hoje e está bastante consolidada no mercado.

Usando apenas código JavaScript (uma linguagem de programação bem estabelecida desde a década de 90), o React Active é interessante tanto para quem já desenvolve aplicações mobile em JavaScript quanto para quem está aprendendo, pois é bastante intuitivo.

Segundo o site oficial, seu lema é “learn once, write anywhere” (“aprenda uma vez, escreva em qualquer lugar” em tradução livre), isso significa que uma vez que se adquire domínio em React Native, o programador pode usá-lo para incrementar aplicativos que foram desenvolvidos de forma nativa para Android e iOS.

Ou também, criar novos aplicativos do zero usando React Native, situação esta em que apenas um código fonte pode ser escrito para rodar o aplicativo tanto em sistemas operacionais Android quanto iOS.

Nesse artigo vamos discorrer sobre o desenvolvimento de aplicativos mobile em JavaScript usando React Native.

O que é o React Native?

O React Native é um framework de código aberto criado pelo time de desenvolvedores do Facebook em 2015 e que permite desenvolver aplicações mobile utilizando apenas JavaScript.

Para entendermos de forma plena o que é o React Native, primeiro precisamos entender o que é um Framework:

Um Framework é um conjunto de bibliotecas usadas para criar a base onde os aplicativos são construídos. Frameworks facilitam o desenvolvimento pois contém elementos pré-prontos que podem ser reaproveitados em diferentes situações. Isso otimiza o tempo e os recursos de desenvolvimento.

Portanto, o React Native funciona como uma biblioteca e facilitador de recursos de JavaScript que possibilita o desenvolvimento de aplicativos , tanto para Android como para iOS.

Este framework é usado apenas para desenvolver aplicativos para smartphone, e não web apps, isso porque o React Native traduz o JavaScript para o código nativo da plataforma.

Na prática, isso significa que o aplicativo terá “cara” de Android (interface amigável para quem está acostumado com Android) quando rodado em um Android e “cara” de iOS quando rodado em iOS, ainda que apenas um código tenha sido utilizado.

Este foi um grande avanço, uma vez que antes os desenvolvedores precisavam criar o aplicativo em dois sistemas operacionais diferentes usando duas linguagens específicas (a linguagem Java ou Kotlin no caso do Android e o Swiftno caso do iOS).

História

A história do React Native propriamente dito começa em 2012: inicialmente, o Facebook criou o React (ou React.js): uma biblioteca para o desenvolvimento de páginas Web (atualmente usado pelos sites da Netflix, Airbnb, Walmart, entre outros), este framework utiliza tags HTML para a criação de seus elementos.

Mark Zuckerberg prometeu que o Facebook entregaria uma experiência móvel melhor do que o React: “o maior erro que cometemos como empresa foi apostar demais em HTML5 ao invés do Nativo”, declarou no mesmo ano.

Algum tempo depois, Jordan Walke, autor do React, encontrou uma maneira de gerar elementos de interface do usuário (UI) para iOS a partir do JavaScript em segundo plano e, em 2015, a empresa lançava a primeira versão do framework React Native. 

O site oficial define o React Native como uma combinação das melhores partes do desenvolvimento nativo do React com a melhor biblioteca JavaScript do mercado para construir interfaces para o usuário.

Desenvolver apps em React Native

O desenvolvimento de aplicativos em React Native tem se tornado progressivamente mais popular por conta de sua interface amigável e sua grande comunidade espalhada pelo mundo.

De forma resumida, este framework trabalha com componentes e subcomponentes exibidos nas telas através do método “render”.

O método “render” (de “renderizar”, em tradução livre) basicamente lê alguma descrição feita no React Native e essa descrição é renderizada na tela usando componentes de uma interface de usuário real, podendo ser usado toda vez que alguma propriedade é alterada.

Algumas ferramentas adicionais podem ser usadas para facilitar o processo, como os editores e os emuladores (que simulam o app em funcionamento), além de plugins. 

Os componentes podem ser usados novamente em novas partes de sua aplicação sem precisar ser recriado, o que facilita o desenvolvimento mobile, não obstante o tamanho e a complexidade do projeto.

Como o desenvolvimento React Native utiliza-se de JavaScript, todos os recursos do celular podem ser aproveitados na criação de seu aplicativo, como a câmera ou a geolocalização.

Quem usa?

Por ser o criador do React Native, o Facebook é claramente o usuário mais conhecido deste framework (utilizado em seu aplicativo móvel), mas outros apps do grupo como o Instagram e o Facebook Ads também são usuários notórios.

Outros aplicativos de grandes empresas que o utilizam são: AirBnB, Wix (plataforma online para criação de sites) e Tesla (montadora de carros elétricos).

Todavia, este framework não se limita a criação de apps: também é usado nos sites do Netflix e Walmart.

Vantagens

  • Geração de código nativo.
  • Utilização de plugins.
  • Os apps criados em React Native tem performance e carregamento mais velozes do que os apps híbridos, tendo desempenho semelhante ao dos apps nativos.
  • A documentação oficial é considerada muito completa pelos desenvolvedores.
  • Tem boa integração com outras funções do celular, como a câmera e a geolocalização.

Fale com a Capptan para desenvolver seu App

A Capptan desenvolve os melhores aplicativos para você utilizando React Native e outras modernas formas de desenvolvimento.
Com times específicos para desenvolvimento Android e iOS. Seja qual for o sistema operacional de sua preferência, conte conosco para desenvolver aplicativos de sucesso para a sua empresa.

Comments

comments