engajar e reter usuários de aplicativos

Written by

Como engajar e reter usuários de aplicativos em 5 estratégias definitivas

PAPPEANDO, PARA AGÊNCIAS, PARA EMPRESAS DE TI, Slide| Views: 65

O engajamento mobile ganhou de vez as agendas de quem pretende engajar e reter usuários de aplicativos mobile.

Em outras épocas, poderíamos assumir a aquisição do usuário como métrica central para determinar o sucesso do aplicativo móvel.

Mas, sem engajar e reter usuários de aplicativos, as altas taxas de download não significam nada.

Em 2009, por exemplo, a PlayStore tinha apenas 16.000 apps à disposição. Hoje, são mais de 3 milhões de aplicativos disponíveis para download.

Ou seja: o mercado se tornou muito mais competitivo e desafiador. Diante de tantas opções de apps, engajar e reter usuários de aplicativos é o indicativo mais valioso para determinar o sucesso do seu projeto.

Neste artigo, você vai conhecer algumas táticas testadas e aprovadas para engajar e reter usuários de aplicativos.

É o sucesso do seu projeto que está em jogo. Continue com a gente e boa leitura!

Engajamento e retenção: entenda os conceitos

Os nomes são autoexplicativos, mas reforçar o conhecimento nunca é demais.

Engajamento descreve como os usuários ativos estão no aplicativo

Apesar de ser uma métrica subjetiva, as tendências de mercado descrevem como usuários altamente envolvidos como aqueles que têm mais de 10 sessões por mês.

É um conceito que está diretamente ligado ao de retenção, que significa manter usuários ativos na sua base.

A retenção também é um termo bastante subjetivo. Costuma ser medida a partir do percentual de usuários que retornam ao aplicativo em até 3 meses após a primeira sessão.

O problema em engajar e reter usuários de aplicativos

Alcançar um envolvimento suficiente do aplicativo e taxas de retenção de usuários é uma tarefa difícil.

Um app para Android, por exemplo, perde 77% dos usuários ativos em até três dias após a instalação.

O número cresce ao longo do tempo: após 30 dias, a queda aumenta para 90%. E após 90 dias, sobe para 95%. (Fonte: Quettra)

Ter um aplicativo sem usuários ativos e envolvidos pode frustrar os planos de quem pretende ganhar com o projeto.

Mas é possível reverter esse cenário. Levantamos 5 estratégias para você aplicar no seu plano de negócios e trazer mais retenção e engajamento para o seu app. Confira!

Estratégia 1: Ajude seu usuário a ter um “embarque” feliz no aplicativo

Fornecer uma experiência inicial com o aplicativo pode reduzir significativamente as taxas de abandono.

Alguns obstáculos comuns:

  • Muitos procedimentos para se inscrever;
  • Muitos campos de informação requerida;
  • Recursos e funções confusos;
  • Burocracias para o download.

Quanto mais difícil é começar a usar um um aplicativo, maior a chance de seu público-alvo desistir do app.

As primeiras impressões são imperativas e a experiência do usuário não é exceção.

Além de garantir que os usuários não abandonem o aplicativo, o onboarding efetivo mostrou aumentar o valor do tempo de vida do usuário em até 500%.

As etapas a seguir podem ajudá-lo a criar um processo intuitivo e sem nenhum atrito com a aplicação onboard.

  • Facilite os logins e a criação de conta (reduza as etapas de inscrição, ofereça várias opções de registro, etc.);
  • Não sobrecarregue usuários com informações do get-go. Em vez disso, ofereça funcionalidade/educação de funcionalidade à medida que o usuário chega a esses recursos;
  • Ensine através da ação para expor os gestos/ações necessários na experiência do aplicativo.

Agora, prepare-se para a segunda tática.

Estratégia 2: Envie notificações push

As notificações push são um grande recurso. Apps que contam com esse recurso conseguem ter um aumento das sessões ativas de até 53%.

O envio de notificações lembrar os usuários de que eles baixaram seu aplicativo.

Isso é importante, pois você está competindo por espaços valiosos no dispositivo de um usuário.

Também há outras possibilidades. As notificações push podem incentivar o uso do aplicativo, por meio de mensagens de segmentação com base em dados comportamentais e preferências.

Para aplicativos que atendem funções muito específicas e não são exigem uso diário, isso pode ajudar a envolver os usuários.

Assim, o app fornece ao usuário um motivo convincente para retornar, como por exemplo um desconto ou promoção em um serviço ou produto.

engajar e reter usuários de aplicativos

Estratégia 3: Ofereça uma experiência personalizada ao usuário do aplicativo

A personalização ajuda a fornecer uma experiência única e relevante.

Quanto mais alinhada com as necessidades e preferências de um usuário, maior é a chance de ele se tornar um membro engajado e permanente.

Sempre que possível, personalize a experiência do usuário usando dados conhecidos para exibir conteúdo e material relevantes no aplicativo.

O conteúdo e as ideias personalizadas oferecem um valor real para o usuário.

Incluir o nome do usuário nas telas e nas mensagens, por exemplo, é uma maneira fácil e simples de deixar o aplicativo mais próximo do usuário, tornando a experiência pessoal.

Mas é preciso ter cuidado. Se você implementar notificações de envio incorretamente e enviar mensagens ou notificações irrelevantes, o efeito será totalmente contrário.

E então, em vez de reter, você vai afastar os usuários do seu app.

Estratégia 4: Estimule o uso do app com vantagens para o usuário

Engajar e reter usuários de aplicativos é uma tarefa complexa. Exige criatividade, disposição e uma visão muito maior de mercado.

Conhecendo seu usuário e tendo em mente a maneira como você quer que ele se relacione com o app, é possível trabalhar com estímulos para incentivar o engajamento.

Experimente oferecer vantagens exclusivas para o seu usuário. Algumas boas ideias:

  • Acesso especial a conteúdos;
  • Cupons de desconto;
  • Promoções especiais;
  • Atualizações em primeira mão.

Obviamente, as formas de incentivo oferecidas dependerão da natureza do aplicativo.

Por exemplo, os aplicativos que permitem fazer compras como um modelo de monetização, se beneficiarão de descontos sensíveis ao tempo, enquanto os aplicativos freemium podem incentivar os usuários, oferecendo recompensas baseadas em uso.

Estratégia 5: Mantenha o aplicativo atualizado regularmente

Aplicativos são produtos que exigem um certo movimento. É da natureza do modelo de negócios.

Um app que não evolui é um app que certamente perderá grande parte dos seus usuários ao longo do tempo.

Por isso, é importante atualizar a experiência do aplicativo com novos recursos e conteúdo personalizado.

Monitore o comportamento do usuário e esteja atento aos feedbacks e reviews dos usuários.

São informações essenciais para determinar quais atualizações são mais atraentes e valiosas para os usuários.

Assim, você molda a experiência do app de acordo com o que for mais vantajoso para o usuário.

Conclusão

Engajar e reter usuários de aplicativos são tarefas igualmente importantes – até mais do que a aquisição do usuário.

A conversão de usuários em clientes fiéis e de longo prazo gerará mais receitas para seu aplicativo.

Os métodos acima podem melhorar significativamente o engajamento e a retenção de usuários para garantir que seu aplicativo torne-se cada vez mais competitivo.

Aproveite as dicas e seja um #mobileexpert.

fale com a capptan

Saiba mais:

Desenvolvimento de aplicativos: como poupar tempo e dinheiro?

Quanto custa criar um aplicativo?

Ótimos motivos para diferenciar a sua empresa com desenvolvimento de aplicativos

Comments

comments